terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Tudo nas mãos dos garotos das UPPs




"O governador Sérgio Cabral disse na manhã desta segunda-feira (6) não acreditar que a ameaça de greve entre os profissionais da Segurança Pública do Rio se concretize, diante da possibilidade de que o movimento grevista iniciado na Bahia entre os policiais militares se espalhe por outras unidades da federação. As declarações foram feitas durante uma entrevista à rádio CBN.

Cabral citou a política de reajustes para policiais civis, militares e bombeiros que prevê aumentos escalonados que, de acordo com o governador, chegariam a 107% até o fim do seu governo, em 2014. Questionado sobre a possibilidade de o Rio viver uma situação semelhante à da Bahia, Cabral apelou para a “consciência” dos profissionais de segurança.

- Não tenho dúvidas de que nossos profissionais têm consciência. Sabem que prestam um serviço essencial e da credibilidade e apreço que a população tem por eles. Não tenho dúvidas [de que não haverá greve], não apenas no Carnaval, mas que teremos um dia a dia de tranquilidade para a população, que está feliz com a Segurança. Eu já me reelegi, não tenho interesse [político]. Estamos assumindo compromissos importantes com nossos oficiais e praças. Se meus antecessores tivessem feito o que fizemos em cinco anos, nosso padrão seria outro.

A Bahia vive uma situação de tensão desde o início da greve dos policiais militares no último dia 1º. Desde então, houve uma escalada no registro de homicídios e saques. Sem um acordo, o movimento se acirrou e os PMs resolveram ocupar a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia. Nesta segunda, 600 militares do Exército cercaram a sede do poder Legislativo estadual.

No Rio, o reajuste salarial de 10% antecipado pelo governador não afastou a ameaça de greve entre policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários. Foi marcada uma assembleia geral conjunta para a próxima quinta-feira (9).

Neste fim de semana, policiais militares e bombeiros fizeram carreatas pela avenida Brasil e na orla, numa tentativa de despertar a atenção e angariar apoio da população ao movimento.No fim de semana retrasado, bombeiros, policiais civis e militares, e guardas municipais participaram de uma manifestação na praia de Copacabana, na zona sul."


Fonte: R7.com



Eu também tenho minhas reservas em relação a uma greve no Rio, primeiro por conta do oficialato (Superior) que recebe gratificações graúdas em cargos de comando e segundo pela própria polícia de maneira geral. GAT, RP, PATAMO, etc é condição dentro de um BTL e ninguém quer perder isso e ir parar em POG ou em uma cabine "barra osso". O que o pessoal não pensa é que não daria para fazer isso se todos aderissem ao movimento por que não teria ninguém para colocar no lugar. Agora os garotos das UPPs é que não tem nada a perder, a maioria foi enfurnada nessas favelas compulsóriamente e estão longe de casa, isso pode ser uma luz no fim do túnel.

4 comentários:

Cb Bm de 97 disse...

Concordo com o comentário acima, pois infelizmente um bom numero da tropa, pensa no momento hj que estão vivendo dentro de um BTL ou GBM, mas se todos , digo todos aderirem a GREVE, não terá como fazer as transferências malditas, confio em DEUS, para que dê tudo certo, não queremos a GREVE, mas o governador nos obriga a isso, pois não tem humildade para descer de seu pedestal de arrogância e vir dialogar com as lideranças.

Silvia Gomes disse...

Isso porque só a população vai sofrer com a greve. Se incomodasse diretamente a ele, garanto que a coisa seria diferente.

Anônimo disse...

Hoje tivemos uma reunião com a liderança do 10+7 e para variar a conversa foi para desanimar, as lideranças o que fizeram quando estavam na ativa, o problema é politico e blá e blá, só esquece que se algo acontecer vai beneficiar a todos inclusive a ele próprio que quando não tiver o mando, vai sentir no bolso.
Bem não existe dia 10 sem o dia 09 acontecer, vamos todos na cinelândia darmos um show ordeiro e mostrar para este pulha como é que a banda toca.
Silvinha e quero te ver lá com o Caranguejo Albino.
Bjs do "I" você sabem quem.

Silvia Gomes disse...

Pode deixar "I", vou fazer de tudo para estar lá com meu caranguejinho.