quinta-feira, 30 de julho de 2009

AUSÊNCIA

Caros amigos,

Estarei ausente por uns quinze a vinte dias para resolver alguns problemas pessoais. Deixo bem claro que estarei ausente da Net, porém nunca da PMERJ e dos problemas que nela existem. Até breve!

5 comentários:

Anônimo disse...

Normal; o intervalo do ultimo blog para o penúltimo, foi de 16 dias. Compareça com mais frequência, precisamos interagir.

Anônimo disse...

02
Revista revela as ligações de Cabral com o enrolado banqueiro Daniel Dantas, que está na mira da PF
Marcadores: Carta Capital, Estado do Rio, Polícia Federal, Sérgio Cabral

Reportagem da revista Carta Capital, que está nas bancas neste fim de semana, envolve o governador Sérgio Cabral com o enrolado banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, e que é investigado na Operação Satiagraha, da Polícia Federal.

Na reportagem de capa sob o título “Rio-Escândalo imobiliário” revela: “Em transações inusuais e negociações velozes, o Opportunity conseguiu até lucrar com desapropriações assinadas pelo governador Cabral”.

Dentro da revista, prossegue com as acusações: “O Opportunity comprou prédios no Rio às vésperas das desapropriações, bem ao estilo de transações que servem para lavar dinheiro”.

A reportagem de Leandro Fortes, que durou quatro meses, revela também que "Carta Capital identificou duas operações imobiliárias que dão pistas definitivas para o esquema” de Daniel Dantas.

“Nelas se confundem os interesses de Daniel Dantas e do governo do Rio de Janeiro em desapropriações desprovidas de lógica comercial e interesse público”

E informa ainda:

“Com base nas informações obtidas durante a Operação Satiagraha, a Polícia Federal e o Ministério Público conseguiram detectar os setores usados pelo Oppotunity para lavar dinheiro obtido de atividades ilegais e golpes aplicados.”

E prossegue:

“No espaço de 13 meses, entre 2008 e 2009, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, do PMDB, assinou dois decretos de desapropriação de imóveis situados na capital fluminense, ambos com uma curiosa característica: haviam sido comprados, dias antes, pelo Opportunity.

“Um deles é um terreno de 8 mil metros quadrados na Barra da Tijuca. Dantas adquiriu o imóvel em 17 de março, por 17,2 milhões de reais, exatos 17 dias antes do decreto de desapropriação assinado por Sérgio Cabral, datado de 4 de abril.”

Em outro, o Opportunity fez o mesmo tipo de transação, em 4 de dezembro de 2007, menos de dois meses antes de um decreto do governador desapropriar um prédio comercial no centro da cidade.”

Daniel Dantas parece ter o dom da adivinhação. Sabia antes de todo mundo os terrenos que Cabral iria desapropriar.

Já Cabral terá muito que explicar durante a semana, ou então dar mais uma esticadela a Paris para ver se a poeira baixa.

Anônimo disse...

OPERAÇÃO PADRÃO DIA 12 DE AGOSTO - PMERJ, CBMERJ E POLÍCIA CIVIL.

Todos os militares vão parar dia 12 de agosto (quarta).

- A ordem é para não assumir serviços com alterações.

- Viaturas avariadas (vide Código Nacional de Trânsito) serão declaradas inoperantes.

- Vamos paralizar seguindo a lei.

Assim ninguém poderá nos punir.
Repasse esta notícia. No dia 12 repasse todas as informações por Rádio. Entre nacomunidade Operação Padrão no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=92747324

Chega de descaso com os militares estaduais. Vamos fazer como Sergipe e a Bahia.

JUNTOS SOMOS FORTES!!!

Anônimo disse...

Cadê você?

Anônimo disse...

E aí! já se passaram vinte e dois dias. Kd vc???