sábado, 2 de maio de 2009

DESABAFO DA ESPOSA DE UM POLICIAL





Demorei um pouco a vir comentar sobre esse assunto pois ainda estava digerindo a informação, aliás um tanto quanto indigesta para nós que vivemos na carne o dia-a-dia do PM no Estado do Rio de Janeiro.

Esta semana foi assassinado mais um cabo PM, um rapaz jovem, um jovem pai de um bebê de apenas 15 dias, o soldado que estava de serviço com ele naquela noite escapou. Sorte? Ou providência Divina? Prefiro crer na segunda hipótese, preciso crer cada dia mais em uma força maior que nos guia e protege e que só nos deixa ser atingidos pelos infortúnios quando é chegada a hora, prefiro crer na vida como um livro: Ao nascermos abrimos a primeira página e iniciamos a leitura, vamos dia-a-dia folheando as páginas (com a pequena desvantagem de não poder voltar atrás e ler páginas passadas com novas interpretações), até que um dia fechamos o livro, ao chegarmos ao final da história. Algumas histórias são longas, com princípio, meio e fim; outras são escritas por um amador que se esquece de por um final e escreve poucas páginas. Preciso crer nessas pequenas lendas do meu coração para não “pirar”.

Há algum tempo fiz uma postagem aqui fazendo um apelo para que alguém revisse a questão das viaturas baseadas, dessas APREVs da vida, que expõe nossos maridos e filhos ao tipo de covardia sofrida por mais esses dois bravos. Não consigo ver a lógica de se colocar homens plantados em áreas perigosas, sem nenhum abrigo, durante doze horas. Ninguém é completamente alerta durante um período tão longo à noite sem descanso, ainda mais quem tem que sair de um trabalho e enfrentar um “bico” e daí seguir para um extra não remunerado. Nenhum ser humano consegue manter-se completamente atento durante vinte e quatro horas, que é o período mínimo de trabalho da grande maioria dos homens da nossa PMERJ (contando com os bicos e extras).

Estamos no mês de maio e já temos nada menos que 40 policiais mortos, divididos em 1 inativo, 1 subtenente, 2 oficiais e, pasmem, 36 praças. Esses números que para nós vislumbram como um exagero, na visão do nosso governo parece ser completamente aceitável, já que continuam achando que segurança se faz com homens mal pagos, mal nutridos e mal atendidos na sua saúde. Falei, falo e nunca vou cansar de falar, quer segurança de ponta? De primeiro mundo? Valorize o homem, dê valor ao material humano. Entreguem nas mãos dos nossos policias a dignidade que se perdeu lá atrás, a honra e a vontade de defender a sociedade com a própria vida. Dêem a esses homens a garantia de que seu salário os fará honrar a passagem bíblica que diz: “Soldado, contentai-vos com vosso soldo”, mas isso só se faz com um soldo digno que faça com que esse homem saia de seu trabalho e vá para casa descansar com a certeza de que esse soldo cobrirá todas as despesas de sua casa, que ele não precisará abrir mão de seus momentos de lazer junto à família para arrumar mais alguns “caraminguás” para garantir o pão de cada dia, dêem aos nossos homens a garantia de que terão suas folgas respeitadas ou que, pelo menos, receberão pela perda delas.

É cansativo ter que estar por aí repetindo todos os dias para as pessoas que conheço das dificuldades que enfrentamos, estou me tornando chata, tem gente que, quando começo, vai saindo de fininho, mas não me importo, se eu e outras como eu, não pudermos servir de voz para nossos amores, sejam eles maridos, pais ou filhos, quem poderá? Quem levará até o paisano as verdades que ele não conhece? Quem vai explicar que, nem sempre, aquele carrão é produto de “roubo” e que às vezes (na maioria delas) o cara se arrebenta em uma segurança para pagar uma prestação só para dar um conforto maior à família e, muitas vezes perde a vida por causa disso, já que ele paga a prestação mas não tem seguro (é caro e a grana não dá), daí, no caso de um assalto, ele é obrigado reagir e aí...

Acho que já me alonguei demais, mas aqui no blog tem muita gente que não é do meio, para ler e entender um pouquinho o que passamos.

Sei que tem muitas coisas que precisam mudar para devolver a dignidade dos nossos Policiais como o fim das punições de privação de liberdade, para citar apenas uma, mas esse assunto fica para uma próxima vez, senão fica muito longo e cansativo para quem lê.

Tchau meus amigos e que Deus abençõe todos os policiais que estão na rua, a trabalho ou a lazer, e que Sua mão cubra suas cabeças para que nada lhes aconteça, nem hoje nem nunca!

7 comentários:

Anônimo disse...

o pior é saber que tal viatura estava fazendo segurança na esquina da rua do Ten Cel Carlos Henrique do BPVE. E já tem outra viatura lá.

Anônimo disse...

Podes crer !!!! E não c faz nada !!!! Ja tem outra VTR la !!!

sérgio disse...

A minha resposta é esta; e não de forma ANÔNIMA:


http://www.youtube.com/watch?v=nkYxEAncr5w

Anônimo disse...

como voce é pequenininha, mesquinha, e bem xula!!vai tentar adquirir um pouco de cultura, pois berço, voce jamais passou por um.

Silvia Gomes disse...

Ao anônimo acima agradeço a crítica e acima de tudo agradeço por, mesmo eu sendo mesquinha, chula, sem cultura e sem berço (que me lembre eu dromia em um bem bonito rsrsrsrs), você teve o trabalho de vir até aqui ler a minha opinião, analisá-la e até comentar! Bom sinal! Sinal que pessoas bem educadas como você só ofendem seus anfitriões depois de ovir suas opiniões! E não precisa ficar com medo de mim,postando como anônimo porque eu não mordo e, como você pode notar, também não me escondo, sou exatamente como me apresento em meu perfil, com a mesma cara e a mesmas opiniões.

DIÁRIO DO AMBULANTE disse...

ESTOU COM VC, O POLICIAL ÉMAU REMUNERADO, E NÃO TEM O VALOR QUE MERECE,POR ISSO PRECISA DO BICO, NÃO TENHO PARENTES NA POLICIA , MAS ADMIRO O TRABALHO,POIS ARRISCA SUA VIDA PELA MINHA E QUAL É A RECOMPENSA? A MORTE.

FERNANDO DELIMA disse...

Prezada Comppanheira :

Como membro da Comissão Provisória (multipartidária e Multiclassista) de Tabalho, Planejamento Estratégico e Mobilização de Pessoal de APOIO Á PEC 300, declaro que a sua presença e de sua diretoria será de imensurável importância para agregar valor a 2ª CAMINHADA DE APOIO À PEC 300, DOMINGO, DIA 27 SET 2009, 10 h. Vem caminhar conosco, vai ser muito bom pra todos nós.
FERNANDO DELIMA - tel:(21)9135 5733