terça-feira, 12 de agosto de 2008

Convocação

"QUEM SABE FAZ A HORA"
(SARGENTO DA PMERJ)
INDEPENDENTE DO RUMO QUE A VIDA VAI LEVAR, O FIM DA ESTRADA É CERTO. MAIS CEDO OU MAIS TARDE ELE CHEGA. CHEGA PARA RICOS E POBRES, BRANCOS E NEGROS, SÁBIOS E INDOUTOS. OS MAIS PRIVILEGIADOS, RECEBEM A OPORTUNIDADE DE UMA AVALIAÇÃO DO QUE FOI O SEU PERCURSO NESTA TERRA, ANTES QUE SE VÁ PARA A SUA MORADA ETERNA. BEM SABEMOS, QUE ESSA OPORTUNIDADE, NÃO COSTUMA CONTEMPLAR OS INTEGRANTES DA PMERJ, AO CONTRÁRIO, NA MAIORIA DAS VEZES A CAMINHADA É BRUSCAMENTE INTERROMPIDA, SEM QUE HAJA TEMPO AO MENOS DE DIZER "EU TE AMO FILHO", "EU TE AMO MEU AMOR", "O PAPAI TE AMA MINHA FILHA", E COISAS DESSA NATUREZA. OS MAIS "SORTUDOS", TÊM A DIFÍCIL MISSÃO DE REVISAR OS PASSOS DADOS NESSA TERRA. E É EXATAMENTE NESSE MOMENTO, QUE MUITOS SE SURPREENDEM, AO PERCEBEREM QUE DEIXARAM PASSAR TANTAS OPORTUNIDADES. SE SURPREENDEM AO NOTAR QUE PODIAM TER FEITO TUDO DIFERENTE. INFELIZMENTE QUANDO CHEGAM A ESSA CONCLUSÃO, JÁ É TARDE DEMAIS. PARAFRASEANDO OS TITÃS, RESTA APENAS UM "EPITÁFIO" COM A CONCLUSÃO DE TODA UMA VIDA: "Devia ter amado, maisTer chorado mais,Ter visto o sol nascer.DEVIA TER ARRISCADO MAIS, Até errado mais,Ter feito o que eu queria fazer..." INFELIZMENTE A CONCLUSÃO NÃO FICA SÓ NISSO, ELA SEGUE: "Devia ter complicado menos,TRABALHADO MENOS..." E SEGUE: "Devia ter complicado menos,Trabalhado menos,Ter visto o sol se pôr." É MUITO TRISTE PERCEBER QUE ESSAS CONCLUSÕES CHEGAM TARDE DEMAIS. NA MAIORIA DAS VEZES O QUE IMPEDE A AÇÃO NECESSÁRIA, É A CORAGEM DE ARRISCAR, DE VIVER, DE PAGAR PRA VER, DE COMPREENDER QUE A VIDA SÓ ACONTECE UMA VEZ. DITO ISSO, MAIS UMA VEZ COMUNICO AOS COMPANHEIROS QUE ESTAREI NO DIA 13/08/2008 JUNTAMENTE COM A MINHA FAMÍLIA, MARCHANDO POR AQUILO QUE ACREDITO. NÃO FAÇO ISSO APENAS POR MIM, MAS TAMBÉM, PELA FAMÍLIA DE TODOS OS COMPANHEIROS QUE TOMBARAM EM COMBATE, ACREDITANDO QUE TUDO PODERIA SER DIFERENTE. NÃO ME IMPORTA SE LÁ ESTARÁ A PM2 OU QUEM QUER QUE SEJA PARA ESPIONAR. TAMBÉM NÃO ME IMPORTO SE ESTÃO TENTANDO DESCOBRIR QUEM EU SOU. O QUE EU SEI É QUE ESTOU VIVO E ENQUANTO TENHO ESSE "DOM" DE DEUS, DEVO USÁ=-LO DA MELHOR FORMA POSSÍVEL. OS QUE JÁ "PARTIRAM" NADA PODEM FAZER, MAS OS QUE AQUI ESTÃO, PODEM. E MAIS DO QUE ISSO, DEVEM. DEVEM FAZER POR SÍ E PELAS FAMÍLIAS DOS COMPANHEIROS QUE SE FORAM, QUE PRECISAM VIVER COM UMA PENSÃO MISERÁVEL. PRA AGIR É PRECISO ESTAR VIVO E ACREDITAR, AFINAL ESTÁ ESCRITO: "Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta". Tg 2:26 . CHEGOU A HORA DE SOMARMOS FORÇA. NÃO ME IMPORTA SE VOCÊ É UM OFICIAL OU PRAÇA, O QUE ME IMPORTA É SABER O QUANTO VOCÊ ACREDITA NA VITÓRIA. NÃO TOMO PARTIDO DE GRUPOS, POIS ACREDITO EM VALORES QUE ULTRAPASSAM A CADEIA HIERÁRQUICA E OS DEGRAUS DE STATUS DESSA SOCIEDADE HIPÓCRITA. UM MENDIGO É CAPAZ DE DEVOLVER UMA BOLSA CHEIA DE DINHEIRO, MESMO ESTANDO ESTANDO COM UM NÓ NO ESTÔMAGO, DE TANTA FOME. E UM "CORONEL" É CAPAZ DE ACEITAR UM AUMENTO DE 223% NO SALÁRIO, MESMO SABENDO QUE A TROPA QUE COMANDA E QUE DÁ A PRÓPRIA VIDA PARA SUSTENTÁ-LO NO CARGO, ESTÁ DEFINHANDO POR FALTA DE RECURSOS. LOGO, É QUESTÃO DE VALORES INTRÍNSECOS NO SER HUMANO, QUE NÃO RESPONDE PELO CARGO QUE OCUPA, MAS PELA HONRADEZ QUE SUSTENTA. E ISSO, ELES(OS CORONÉIS) NÃO TÊM. É POR ESSA E OUTRAS, QUE EU LHES DIGO: "QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER" E A HORA É ESSA. MARCHEMOS TODOS UNIDOS, MOSTRANDO O QUANTO SOMOS DIFERENTES DESSA "CORJA" QUE NOS COMANDA, QUE NOS CAUSA NOJO, E A QUEM A TROPA NUNCA APRENDEU E NUNCA APRENDERÁ A RESPEITAR. HOMENS SEM VALOR, QUE ENTRAM PELA PORTA DOS FUNDOS E AGEM NA CALADA DA NOITE, DA MESMA FORMA COMO AGEM OS BANDIDOS. É AGORA OU NUNCA. OU VOCÊ ESTÁ JUNTO, OU ENTÃO NUNCA FEZ PARTE DA TROPA. DEIXEI PRA ESCREVER ESTE COMENTÁRIO NA VÉSPERA DA PASSEATA SÓ PRA TE FAZER REFLETIR UM POUCO MAIS. COMPANHEIRO VOCÊ NÃO É UM DÉBIL MENTAL. VOCÊ NÃO É UM MARGINAL. SAIA DA TOCA E CAMINHE DE CABEÇA ERGUIDA, SE PERMITINDO CONSTRUIR ALGO QUE VAI VALER A PENA RECORDAR LÁ NO FINALZINHO DA "CORRIDA DA VIDA". "QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER". UM ABRAÇO A TODOS."

Amanhã 10:00h no Largo do Machado. Vamos mostrar ao governador que temos honra e que não aceitamos esmolas!

.

Um comentário:

ASPRA-PM/BM-RJ disse...

O PORQUE DO ATRASO E DA NOSSA FRAQUEZA.

CABO PATRÍCIO – DISTRITO FEDERAL
SOLDADO MOISÉS - PERNAMBUCO
SARGENTO SOARES - SANTA CATARINA
SARGENTO RODRIGUES - MINAS GERAIS
CABO DA VITÓRIA - ESPÍRITO SANTO
SARGENTO VALTER - ESPÍRITO SANTO
Esses são companheiros deputados
estaduais, verdadeiras lideranças, que foram conduzidos ao parlamento pelo voto dos praças das Instituições Militares Estaduais a que pertencem, apoiados pelas associações de classe.

São esses que em respeito a confiança depositada pelos eleitores, diuturnamente lutam pelos interesses dos seus representados, numa prova inequívoca de que estão verdadeiramente fazendo a diferença.

Ao pontuarmos algumas das ações desses parlamentares, veremos que é bem diferente do que vemos aqui no RJ, onde depositamos a nossa confiança, elegendo diversos candidatos, muito dos quais pertencentes às Instituições Militares, com a promessa de luta em defesa dos direitos da categoria. E o que vemos é totalmente o contrário, o conservadorismo imperando, não temos representação no parlamento, sentimo-nos órfãos, totalmente abandonados.

Deputado Cabo Patrício - Eleito pelo Distrito Federal, com o apoio da ASPOL, sempre lutou pela melhoria das condições de vida dos nossos companheiros, o resultado das lutas de um líder decente não poderia ser outro. Fim do Rancho, com a implantação do vale refeição para todos, melhoria salarial, com elevação para aproximadamente, R$ 4.200,00, proporcionando uma decente condição de vida para os nossos irmãos, além de outras conquistas;

Deputado Soldado Moisés - Eleito por Pernambuco, em seu segundo mandato, ex-presidente da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados, de quem recebeu apoio, direciona o seu mandato na busca de conquistas sociais para os nossos companheiros pernambucanos;

Deputado Sargento Soares - Eleito por Santa Catarina, ex-presidente da Associação de Praças, grandiosa liderança, dedica-se incansavelmente a regularizar as promoções dos praças que estão atrasadas, sem deixar de lado as negociações da questão salarial, além de usar também o seu mandato de parlamentar para implantar o novo regulamento disciplinar, o qual como o nosso também é uma peça arcaica;

Deputado Sargento Rodrigues - Eleito por Minas Gerais, em seu terceiro mandato, um dos responsáveis por mudanças significativas em seu Estado, como por exemplo, é um dos idealizadores do Regulamento Disciplinar aplicado aos Militares Estaduais, do qual podemos dizer que é o mais moderno do País;

Deputado Cabo da Vitória - Eleito pelo Espírito Santo, antigo presidente da Associação de Cabos e Soldados, defensor incansável das questões de interesse dos praças;

Deputado Sargento Valter - Eleito pelo Espírito Santo, brilhante como parlamentar, sempre pronto a defender os interesses dos companheiros de sua categoria.

Aqui no RJ, Vivemos nessa penúria, desmotivados, reféns do Estado, maltratados, oprimidos, odiados por tudo e por todos, subjugados por um Regulamento Disciplinar ultrapassado, em total desacordo com os preceitos constitucionais que regem esta Nação.

Por ocasião do processo eleitoral, sempre fomos ludibriados e conduzidos por promessas demagógicas de políticos, pessoas que não contribuíram em nada com a nossa necessidade de mudança, uma vez que nada querem ver mudado. Prendem-se a interesses pessoais, ao conservadorismo do passado, mesmo que isso tenha de custar o sacrifício dos nossos companheiros e o sofrimento da população. Como exemplo podemos citar o retrocesso do Regulamento Disciplinar, moderno e de fácil aplicabilidade, que respeitava o profissional acima de tudo, prendendo-se a falta cometida, e com normas impeditivas para que se pudesse praticar algum tipo de arbitrariedade e de abuso de poder.
Foi revogado, retornando ao cenário o antigo RDPM, uma peça jurássica da época do século passado.
Porém, percebemos que ainda há tempo de mudar. É preciso pensar, mas pensar de verdade, com seriedade, para que no futuro não venhamos a continuar a lamentar as agruras da nossa vida. Precisamos mudar essa situação, alterando a estrutura e modificando o sistema policial brasileiro.

Vamos nos unir em torno de um mesmo ideal. É preciso escolher alguém com representatividade. Elegeremos o nosso representante legítimo, um praça. o lema que nos conduzirá à vitória, chega de enganação.

PRAÇA VOTA E SEMPRE VOTARÁ EM PRAÇA

BLOG ASPRA EM FOCO