sábado, 11 de junho de 2011

Estudar?! Para quê?!


Bom, primeiro quero me desculpar com os meus amigos fiéis que nunca deixam de acessar o blog, mesmo ele estando tão paradinho; em segundo lugar gostaria de parabenizar os bravos guerreiros do fogo que vem se mostrando incansáveis na luta por melhorias na corporação. São verdadeiros heróis, não só pela luta diária no socorro aos cidadãos, mas também pela sua coragem e valor ao enfrentar o governo pseudo democrático que finge que paga um salário digno enquanto os funcionários públicos estaduais morrem à míngua, se afundando em empréstimos e se matando em duplas e triplas jornadas só para por na mesa o feijão e arroz sagrado de cada dia. Serei sincera ao afirmar que senti uma pontinha de inveja ao assistir um movimento tão coeso e firme e saber que não partiu da família policial militar, pior ainda foi ver que o CG (a quem tanto elogiei) tomou uma postura ditatorial ao fazer uma imensa força para manter os PMS fora do movimento. Ora, ele não é policial militar? Não faz parte da família policial militar? Mas ainda me encho de esperança de que nós nos juntemos a eles nessa luta tão justa que também é nossa, com ou sem o Comandante Geral, que parece que esquece (talvez pela proximidade com o governador) que usa o mesmo uniforme dos bravos que dão duro para manter a paz no estado. Como todos sabem o meu marido, apesar de bem melhor, está com câncer, e tenho que dispor de muito tempo para cuidar dele, mesmo assim vou chamar minha sogra para dar uma olhadinha no Grandão enquanto eu, meu irmão, meus filhos, sobrinhos e quem mais eu puder levar vamos a passeata dos que meu marido costuma chamar de primos pela farda, e aconselho a todas as esposas de PM que convoquem o máximo de pessoas que puderem para se juntarem a nós, porque nossos maridos estarão de prontidão, mas nós não.
Agora vou entrar no assunto que realmente me trouxe aqui, um assunto muito sério e que me fez pensar muito, e que tem tudo a ver com o título dessa postagem. Soube essa semana, por intermédio de um amigo de meu esposo, que vários 3º sargentos concursados ainda aguardam suas promoções a 2º sargento. Poxa, se o interstício é de seis anos dependendo de vagas e se o 3º sargento é promovido a 2º com cinco anos (independente do nº de vagas), porque não se promove os que se dedicaram, estudaram e se aprimoraram? Não foi isso que o Coronel Mário Sérgio pregou assim que assumiu o cargo? Que a prioridade dele seria estimular o aprimoramento profissional? Ao ser indagado do porque das promoções não estarem acontecendo a resposta do comando foi que “não é interessante para a corporação”. Já fui informada que as vagas existem e são mais de duas mil e de que no corpo de bombeiros as promoções ocorrem, então, qual o problema da PMERJ? Caro Coronel Mário Sérgio, desculpe-me a ousadia, mas é assim que se irá estimular os policiais a estudar? Porque se for, sinto muito, mas não vai dar certo. Afinal quando o policial estuda e se torna esclarecido fica mais difícil de enganá-lo e, com isso, muitos estudarão para seu crescimento pessoal e para abandonar esse navio que está naufragando, o mais rápido possível e quando a corporação precisar, não será de interesse do policial. Pense bem senhor CG, todos acharam maravilhoso o seu discurso de estímulo ao policial que quer crescer, mas se a PMERJ não fizer por onde, voltaremos a ter nas ruas aqueles policiais de dez anos atrás que o senhor tanto quis modificar. Para o meu marido, tudo está sempre bom, mas vi a decepção nos olhos dele quando ainda antes de estar doente vislumbrou a possibilidade de ingressar na academia e se tornar oficial, batalhou nos estudos, pagou cursinho, perdi momentos da companhia dele, mas entendi já que ele falava que além de um ideal era para o nosso bem, foi quando ele foi atingido pela bomba do retorno do limite de idade, hoje escuto meu Grandão falar que assim que puder voltará a estudar sim, mas para ser delegado.

8 comentários:

Alecsander disse...

Valeu Silvia, espero q o nosso Comandante Geral, atenda esse pleito, pois so depende dele manter essa justiça com os sargentos de curso.
Um abraço minha amiga e melhoras para o grandão...muito obrigado por estar lutando por melhorias para nossa instituição.
Que Deus continue abençoando tu e sua casa.
Ass: Sargento CFS 2006

Anônimo disse...

Novo blog

http://blogdopapamike.blogspot.com

fuiii disse...

pm/bm /mg assinem

http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N11718

Anônimo disse...

Sou do CFS/2005. Sinceramente acho nosso que os atos do comandante geral atual são uma verdadeira incógnita. Ele concede aos policiais de tempo, cursos a distância e consequente promoção, ele sabe que existem sargentos de curso regular e presencial, aguardando promoção,pois quando assumiu o cargo, prometeu que iria valorizar quem se qualificasse,porém,ele não promove, e isto inclusive está postado no blog dele ( marius sergius. A turma do CFS/2004 irá ser promovida em 15 de novembro de 2011, após completar 06 anos na graduação, e assim será com a de 2005 e 2006. Não acho, pelo que pude analisar depois de decorrido este tempo de comando do Cel Mario Sérgio que ele é diferente para melhor, para nós Praças da PMERJ. Acredito sinceramente que o CEL UBIRATAN faria muito mais por nós. Assisti algumas palestras do CEL UBIRATAN e pude observar sinceridade e vontade de ajudar as praças da PMERJ, não somente falar da boca para fora. Hoje por exemplo a turma do CFS /2006 só existiu por força e vontade deste CEL, talvez por isso o CEL MARIO SERGIO não promova as turmas de curso existente, pois irá botar azeitona na empada do CEL UBIRATAN. Eles são iguais a políticos, um não termina a obra do outro, por vaidade.

Anônimo disse...

Prezados amigos (as)
e seguidores do Portal CFAPPMERJ.ORG:

No início da noite do dia 25 de junho de 2011, Policiais Militares foram covardemente atacados, por bandidos no Morro da Coroa, no Catumbi, região central do Rio de Janeiro. Em consequência do ataque e da explosão de uma granada, o SD PM RG 88.664 ALEXSANDER DE OLIVEIRA SILVA teve a perna direita arrancada na hora. Parte da outra perna (esquerda) teve de ser retirada no hospital. O SD ALEXSANDER na ocasião era lotado na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) dos Morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro.

Após esse episódio trágico a Polícia Militar vem colaborando no sentido de proporcionar ao SD ALEXSANDER o necessário para amenizar o sofrimento pessoal e familiar.

A Diretoria de Assistência Social (DAS), cuja Diretora Ten Cel PM Aziza, forneceu uma cadeira de rodas, uma cadeira higiênica e a cesta básica mensal, como medidas emergenciais, e, tem se colocado à disposição da família para o transporte do Policial à Resende, onde este reside.

Entretanto, solicito àquele que puder colaborar neste momento de consternação, com um depósito simbólico na contacorrente do SD ALEXSANDER.

A quantia não importa o que vale mesmo é o gesto de solidariedade ao herói que arriscou a sua vida em prol da Sociedade Fluminense.

Soldado: ALEXSANDER DE OLIVEIRA SILVA

Banco: ITAÚ
Agência: 7441
CC: 05570-9
Contato: Nextel (24) 7811-5594 # ID: 12*35571

Solicito ainda aos amigos do Município de Resende que procurem ajudar o SD ALEXSANDER no sentido de que ele possa realizar as sessões de Fisioterapia, confortavelmente, no próprio Município de Resende, visando o seu bem-estar e à futura colocação das próteses.

Muito obrigado!

Major Helio - Admin do Portal (http://cfappmerj.org/portal/)

Anônimo disse...

meus irmãos pelo amor de Deus parem com esse tormento de se achar mais capacitados que outros colegas, somos todos capacitados, cada um em uma funão, encherguem que a culpa de toda essa bagunça é do estado e não dos funcionarios, pois ao mesmo tempo que pms puderam fazer concurso interno com três anos, a maioria dos colegas esperaram 14 anos para tentar um concurso interno, se vcs fossem bons não estariam como praças, pois na ESFO, praça só serve para passarinho cagar, parem de brigar com os amigos, briguem com oficiais, bando de cuzão!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

quem carrega a Policia são os antigos pois esses recrutas são protegidos e puxa sacos, disposição não é para qualquer um é para quem tem, bando de recruta e cuzão, Policia tem sangue para dar e para jorrar se for preciso, tem que ter disposição, inteligência é ser rápido nas decisões, principalmente no gatilho, esse merdão que se acha inteligente, será que ja confeccionou um TRO ou um BRAT, ou fez um auto de resistência? não menospreze seu colega ele salvará sua vida e sua familia! briguem contra o sistema não contra os amigos que usam sua farda!!!!!!!1

Anônimo disse...

Kkkkkk.... booommm.....