sábado, 22 de março de 2008

Garotinho apavorado!!!!




"Uau, que medo!
Logo após a Polícia federal deflagrar a operação Telhado de Vidro, que prendeu empresários e secretários e afastou o prefeito de Campos, Alexandre Mocaiber, o ex-governador Anthony Garotinho deu entrada no Tribunal Regional Federal (TRF) com um habeas corpus preventivo. A desembargadora federal Liliane Roriz indeferiu, pois não viu razão para aceitar o pedido."
Fonte: Jorna Extra - Coluna Extra Extra da jornalçista Berenice Seabra - publicada no dia 22/03/08.

Fiquei pensando o motivo pelo qual o ex-governador do Estado (o estopim da atual crisa na segurança do RJ, com sua política de arroxo, seguido de sua esposa) teria feito tal pedido. Dá realmente o que pensar. Como hoje é sábado de aleluia, dia de malhar o judas e a família Garotinho figura como número um na minha lista de malhação (seguida bem de perto pelo atual governador Sérgio Cabral), resolvir postar essa pequena notícia para que leiam e interpretem como quiserem. Eu já li e a minha opinião pessoal é que debaixo de angú tem caroço, e caroço duro feito pedra! Se mexer mais, vai cheirar mal!

15 comentários:

Anônimo disse...

ESSES DOIS CONSEGUIRAM ACABAR COM A POLICIA MILITAR. ESSA DESQUALIFICADA CONSEGUIU DESVINCULAR O SOLDO DO POLICIAL DE SALÁRIO MÍNIMO, O QUE MAIS ME INTRIGA É ELA TENDO UM CASO COM UM BOMBEIRO FAZER UMA COISA DESSAS! INFELIZ.

CB Henrique disse...

O pior governo que este Estado já teve foi o desses dois. Vamos ver agora, depois dos quatro anos do Cabral se ele vai conseguir ser pior!

Anônimo disse...

Não sei não acho que o Cabral é pior que os dois juntos!

MARIA CHRISTINA ANTUNES FREITAS disse...

Sra. Silvia.

Estou aqui em "comentários" pois não consegui seu email.
Me leva a escrever à Sra. é o meu repúdio ao tipo de comentário postado por alguém que tanto pode ser Civil, Praça ou Oficial,em outro Blog.
Acho deprimente e lamentável, e para não dizer sórdido o que vem acontecendo. Largam a discussão salarial para plantarem informações que denigrem a moral das pessoas.
A Sra. como eu, tem moderação em sua página.
Mas, tal qual a senhora, fui alvo deste mesmo "imbecil" ou tipo de "imbecil" que passou a postar em Blogs que não tem moderação, todo tipo de difamação quanto à minha moral e de minha filha já falecida.
Não deveria estar na net, pois estou me preparando para uma cirurgia cardíaca, e não ando bem de saúde.
Mas tenha força! Não deixe que joguem o seu nome e de sua família na lama, pois é isso que querem.
Talvez a Sra. tenha filhos pequenos ou adolescentes, e estas coisas acabam respingando neles.
Converse com o Blog em questão, pois este tipo de comentário tem que terminar.
Não precisa postar este comentário (foi o único meio de entrar em contato com a Sra.) se não quizer continuar com o assunto.
Se quizer publicar, pode moderá-lo, tirando esta parte final.
Fique à vontade.
Tenha força, e fé em Deus! Até ameaça de morte recebi.

Um abraço e força!

CHRISTINA ANTUNES FREITAS

Anônimo disse...

BAIXARIA NO BLOG PRAÇAS DA PMERJ!

Comentário de um anônimo que quer se passar por praça:

"as vezes somos prejudicados em uma partilha e passamos a odiar oficiais .
as vezes pegam nossa mulher , certo SILVIA ?ou filha passamos a odiar oficiais.
as vezes temos uma relação amorosa mal resolvida , sem obtenção de PA , certo MONICA? , e passamos a odiar oficiais .
as vezes queremos ser oficiais , não conseguimos e passamos a odiar oficiais .
as vezes o oficial é correto e não nos interessa , passamos a odiar oficiais .
se é moda eu também vou odiar oficiais ."




O porco é tão covarde que não faz seus comentários como oficial ou como parente de ou "comida" de oficial, não é LUCIA? Para quem não conhece a Lucia é só procurar em uma comunidade do Maj Wanderby. Pode ser tanto o porco em pessoa quanto alguém próximo. Com certeza não é um praça. Nós temos educação e não insinuamos que uma mãe de um oficial é puta, ou namorada e filha de oficial é piranha, apesar de saber que isso não fica muito longe da verdade. Todos sabem que oficial não tem pegada! Agora eu não preciso ficar lendo esse lixo e ficar quieta. O blog é de praça se não quer ler coisas contra oficial, ou deixe de ser nosso leitor ou pare de ser Filho da Put......!!!!!!!!!!!!!




Mônica, sei que vai apagar, mas eu não aguentei mais. Desculpe!

Postado por Cláudia às 20:38 20 comentários

Anônimo disse...

Eleições 2008
Molon será o candidato de Lula e Cabral

Neste momento, Sérgio Cabral está conversando com Eduardo Paes. O governador desistiu da candidatura do secretário de Esportes a prefeito do Rio, já que não conseguiu superar os obstáculos a seu nome no PMDB.

Cabral e Lula resolveram juntar forças na eleição municipal e decidiram apoiar a candidatura do deputado estadual Alessandro Molon, do PT.

O vice na chapa será o advogado Regis Fichtner, do PMDB. O nome do secretário de governo, homem de inteira confiança do governador, une todo o partido e agrada, inclusive, ao presidente da Assembléia Legislativa, Jorge Picciani.

Fonte: BLOG do Anselmo

ATENÇÃO COMPANHEIROS!!!

VAMOS DÀ A RESPOSTA NAS URMAS - GUARDEM ESTES NOMES: ALESSANDRO MOLON e REGIS FICHTNER.

Anônimo disse...

É ruim heim! Voltar a ser escravo da PMERJ...deixa eu aqui quietinho em casa com minha esposa e meus netos...navegando na net e gozando a vida do jeito que Deus quer...Foram 25 anos + 6 de INSS, e o mais importante sai interinho com saúde. Se os reformados e inativos tiverem vergonha na cara não aceitarão essa esmola desse desgoverno mentiroso. Se eu já tinha alergia a quartel da PM agora com esse Decreto Lei passei a ter nojo...só entro em última estância, isto é, quando tenho que resolver um problema sério e de interesse pessoal, mesmo assim me dar náusea. CAROS COLEGAS REFORMADOS E INATIVOS!!! ESSA MERRECA DE 1/3 NÃO DÁ PARA PAGAR PASSAGENS, LANCHES, COMPRAR ROUPAS, etc. SEM CONTAR COM O PERIGO DO ASSALTO HÁ ÔNIBUS. VOLTAR A USAR FARDA E SER SUBMISSO AO RDPM E AOS OFICIAIS SÓ TROUXA. ACORDEM COMPANHEIROS! NÃO DÊEM MOLE AO DESGOVERNADOR ELE QUER TIRAR VANTAGENS EM CIMA DE VOCÊS...BEM VOCÊS É QUEM SABEM EU PARTICULARMENTE CONTINUAREI USUFRUINDO DAS MO0RDOMIAS QUE ME FORAM ROUBADAS AO LONGO DOS 25 ANOS DE SERVIÇOS PRESTADOS A PMERJ.
(a) Sgt PM Ref caçador de corruptos

MARIA CHRISTINA ANTUNES FREITAS disse...

Sra. Silvia:

Ainda bem parece que as coisas se ajeitaram.
Lamento pela Dengue e fico alarmada, pois tenho ido ao Hospital do CBMERJ e vejo que está um caos.
Inclusive acredito que a minha cirurgia será mais um pouco à frente, por conta dessa Epidemia.
Já que não posso ir à Passeata (falta fôlego), vou a Reunião na AME, pela primeira vez.
Uma pronta recuperação!

Um abraço,
CHRISTINA ANTUNES FREITAS

p.s.: Havia colocado esta postagem em meu Blog, mas depois percebi que o lugar certo para ela seria aqui.

Anônimo disse...

Eu gostaria de postar , que nós devemos esquecer os oficiais e nos concentrarmos na nossa luta salarial pois só temos até o dia cinco .
Com o fim do blog dos praças perdemos uma válvula de escape importante de opiniões e idéias , eu digo fim , por que eles agora só postam auto-elogios para o comitê eleitoral que formaram ,
obrigado pela oportunidade ,juntos somos fortes .

Anônimo disse...

Caros amigos, sou esposa de policial reformado por invalidez,por doença que não tem cura.Quando reformado, ( a reforma saiu em junho de 2003 ) mandou reformar retroativo a janeiro, mas até agora nós não vimos esse dinheiro que seria direito dele, queria que se alguem pudesse , me ajudar , pois ja fui a vários advogados e ninguem se interessa,não sei que atitude tomar. O que tenho notado, nesses anos é que o policial só presta para o estado e desculpem mas p/ alguns colegas tmb ( não generalizando ) enquanto estão na ativa, pq quando passam p/ inatividade são só RESTO, não existe respeito por parte do estado principalmente. Meu marido tem hoje 49 anos , mas 26 foram dedicados a esta instituição, trabalhando em patâmo dentro de favelas, sempre amando o que fazia.Mas hoje o que mata ele aos poucos c/ fortes depresões, é o descaso do governante para c/ toda a instituição e tmb de não poder mais trabalhar.
Um dia em minha vida eu aprendi a amar a policia militar, me emocionar mas hoje eu nem tenho palavras para definir o que sinto por ela.
Desculpem pelo desabafo , um grande abraços a todos

Anônimo disse...

Com tropas do interior, policiais e
delegados fazem passeata na Capital;
‘Querem confronto’, diz Eitel.

(01-04-2008). Uma passeata, no começo da tarde desta terça-feira 1º, marca o início da greve unificada dos policiais civis, militares e delegados na Paraíba. O protesto deve parar o centro da Capital. Cerca de vinte ônibus trazem tropas do interior. O secretário Eitel Santiago (Segurança Pública) disse que as manifestações representam tentativa de confronto com o Governo do Estado.

- Eles querem confronto e confronto não é bom para ninguém, disse o secretário, que reiterou disposição de pedir ainda hoje a ilegalidade da greve.

Passeata - A concentração acontece na Praça João Pessoa, onde PMs e policiais civis estão acampados desde a segunda-feira 31, e depois segue até o anel interno da Lagoa, passando pelas ruas da cidade baixa. O encerramento acontecerá em frente ao Palácio do Governo.

“A idéia de unificar o movimento é para ganharmos um poder de força maior e assim conseguirmos melhores propostas do Governo”, afirmou Cabo Santos, do Comando de Greve da Polícia Militar. As três categorias já fecharam acordo para só abandonar o movimento quando todos obtiverem os ganhos necessários à volta do trabalho.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado da Paraíba (Sindpol), Isaias Olegário, a contraproposta do governo do estado apresentada na noite de ontem, 31, não foi satisfatória.

“Eles apresentaram um reajuste de 4,45% agora em abril e 4,56 em setembro, percentuais muito abaixo do reivindicado pela categoria”, afirma.

Segundo Isaias Olegário, cerca de 90% dos 317 delegados paraibanos já aderiram ao movimento grevista e o atendimento à população continua sendo feito exclusivamente na Central de Polícia.

Os delegados, além dos salários, reivindicam melhores condições de trabalho.

“Tem delegacias que a máquina de escrever é emprestada”, diz. Ele revela ainda que apenas cerca de 30% das delegacias estão informatizadas.

Já os policiais civis apresentaram contracheques de soldados do Rio Grande do Norte, aonde o salário chega a R$ 1,6 mil.

“Aqui na Paraíba o salário de um soldado não passa dos mil reais e os cabos ganham pouco mais de um mil. Queremos reajuste já e só retornaremos ao trabalho com uma proposta digna”, assegura o Cabo Santos.

De acordo com o comando de greve dos policiais militares, apenas 30% dos mais de 10 mil militares estarão nas ruas.

“Vamos tentar colocar o mínimo possível de viaturas e homens nas ruas”, afirma Cabo Santos.

Os policiais paraibanos estão se espelhando no movimento grevista dos policiais baianos, que estão com os braços cruzados desde o dia 28 de março. Ontem, a Justiça decretou a ilegalidade da greve dos policiais civis da Bahia e a volta imediata dos profissionais ao trabalho. O governo estadual entrou com o pedido de ilegalidade na noite de domingo.

Eles reivindicam reajustes que variam de 29% a 54%, aprovação da Lei Orgânica e melhores condições de trabalho, os policiais cruzam os braços e deixa apenas 30% do serviço essencial atendendo a população.

Resposta - Além de Santiago, o secretário da Administração, Gustavo Nogueira, estiveram reunidos com representantes das três categorias, ofereceram reajuste parcelados e aprovação da Lei Orgânica da Polícia.

O Governo do Estado espera uma resposta dos grevistas, mas não há, até o momento, nenhuma reunião marcada para debater as propostas.

Everaldo Ricardo - WSCOM

Anônimo disse...

Parabéns aos policias paraibanos! Se uniram e foram para as ruas da cidade reinvidicar melhores salários e condições de trabalho...Enquanto isso, continuamos na penúria e sem nenhuma esperança de aumento salarial porque está faltando o principal - UNIÃO!!! Quanto ao refrão "JUNTOS SOMOS FORTES" não passa de uma piada dos Barbonos.

Anônimo disse...

ENQUANTO GAROTINHO SE BORRAVA DE MEDO E OS CORONEIS BARBONOS REALIZAVAM ATO CIVICO NA CINELANDIA SEM NEHUMA EXPRESSÃO OLHEM O QUE ACONTECEU NA PARAIBA...

DELEGADOS E OFICIAIS DA PM AMPLIAM GREVE DA POLICIA PARAIBANA


A partir desta terça-feira (1º de abril), delegados da Polícia Civil e oficiais da Polícia Militar também paralisaram suas atividades, ampliando a greve em todos os segmentos da segurança pública na Paraíba.

O movimento permanecerá unificado mesmo que o governo atenda a alguma categoria, isoladamente, segundo revelou o delegado Isaias Olegário, presidente da Associação dos Delegados da Polícia Civil, em entrevista ao programa Correio da Manhã (Correio Sat).

Segundo Olegário, existe um compromisso entre as lideranças civis e militares, com documento firmado em cartório, de que a greve somente deve acabar quando todos forem atendidos nas negociações com o governo.

O Comando Único de Greve dos servidores da segurança pública do Estado já comunicou que serão mantidos 30 por cento dos serviços, como manda a lei.

Na Capital, policiais militares e civis vão fazer uma caminhada da Praça João Pessoa até a Lagoa, e depois retornam à praça, onde deverão ficar acampados.

Os oficiais da PM reivindicam a regularização da Lei de Remuneração além de renovação de equipamentos, armas e carros que estão em sua maioria sucateados. Os delegados querem reajuste salarial e aprovação da Lei Orgânica da Polícia Civil.

Anônimo disse...

Enquanto os oficiais da PM da Paraiba se unem a Policia Civil para reinvidicarem melhores salários e condições de trabalho aqui no RJ os oficiais estão brigando com as autoridades policiais civis (Delegados) para terem o direito para confeccionarem o termo circunstaciado...Pelo que vejo os oficiais querem ser autoridade policial (atribuição dos Delegados de Polícia)...acordem! Se contentem como agentes da autoridade policial, saiam dos seus gabinetes com ar condicionado e vão para a rua combater junto com os praças a criminalidade...unam-se aos Delegados e seus auxiliares e lutem por melhores salários e condições de trabalho...tomem como exemplo a atitude dos oficiais da Policia Militar da Paraiba. DETALHE: "Segundo Olegário, existe um compromisso entre as lideranças civis e militares, com documento firmado em cartório, de que a greve somente deve acabar quando todos forem atendidos nas negociações com o governo"

eder disse...
Este comentário foi removido pelo autor.